Logo Desalinha Blog

Uma das vistas mais bonitas de Capri.

5 dicas para conhecer Capri gastando pouco

Por: Ana Lidia 7 de agosto de 2017 Categorias: Dicas de Viagem Sem Comentários

Olá pessoas,

 

com certeza vocês já ouviram falar de Capri, esta simpática ilha na Itália. Ela é cenário de diversos livros, filmes e sempre está nas páginas de revistas e em sites por ser a escolha de vários famosos durante suas férias. Claro que dessa forma conhecer Capri se torna um sonho para qualquer mortal. Ela é uma ilha muito conhecida pela suas belezas naturais mas também pelo seu alto custo. Sim, Capri é muito cara! Por isso, hoje vou dar dicas de como conhecer a tão sonhada Ilha de Capri gastando pouco!

Chegando em Capri
Chegando no alto da cidade de Capri

 

Porque Capri é cara?

 

Tive a ideia de escrever este post quando voltando de Capri ouvi um casal de brasileiros em lua de mel contando todos os gastos que tiveram em apenas 1 dia na ilha. Sim, eu fiquei chocada com os gastos e o pior foi ouvir “estamos na metade da viagem e nosso dinheiro acabou hoje”. Coitados!  E essa não foi a primeira vez que ouvi uma história assim.

 

Capri tem um história incrível que inicia com a colonização grega, passa pela conquista romana, mudanças de dominação no período medieval, invasão e domínio Espanhol, até se tornar um potencial empreendimento turístico italiano. O que essas fases têm de comum, é o fato de Capri ser sempre vista como o local ideal para descanso e um acesso extraordinário ao mar.  Assim, com o passar dos anos Capri foi se aprimorando em receber turistas e criando uma rede de fornecedores capazes de agradar os mais exigentes clientes, por isso lá é possível encontrar diversas lojas de grife, inúmeros hotéis de 4 e 5 e os melhores restaurantes da região. Com isso, os preços aumentam e Capri torna-se um local caro para turistas simples como eu rsrsrs.

 

Rua de lojas de grife em Capri
Rua de lojas de grife em Capri

 

Para que você não passe por uma situação complicada durante as suas férias anote essas dicas:

1- Planeje passar um dia em Capri

 

Se está nos seu planos conhecer Capri e você quer economizar, prefira passar um dia inteiro na ilha sem pernoitar por lá. Você pode ficar hospedado em um Hotel no centro de Napoli, já que a cidade ( no Porto Molo Beverello) é o ponto de partida para a ilha de Capri.

Com isso, você economiza o valor do hotel e mesmo ficando apenas um dia é possível conhecer muitas coisas. Prefira ir de Aliscafo, a viagem é bem mais rápida que de traghetto.  Veja os horários e preços aqui.

Pelas ruas de Capri
Pelas ruas do centro Capri
A beleza da arquitetura de Capri
A beleza da arquitetura de Capri

2- Faça um pique-nique

 

Para alguns isso pode parecer uma farofada, mas na Itália é bem comum ir ao mar e levar o seu lanche/almoço. Aproveite que está em Napoli e antes de partir para Capri peça um panino com o presunto cortado na hora, peça para embalar e leve junto na bolsa. Assim, quando estiver em Capri você consegue enganar a fome.

Se essa não for a sua opção, em Capri existem pequenos bares que oferecem opções de sanduíches e pizzas para comer fora, os quais têm preços mais acessíveis que os restaurantes.

Lojas locais
Lojas locais

Na cidade, existem alguns espaços para você se sentar tranquilamente e comer. Existe inclusive uma pequena praça mantido pela perfumaria local Carthusia que tem bancos, mesas, fonte com água fresca e banheiros à pagamento.

Perfumaria Carthusia
Perfumaria Carthusia

 

3- Prefira passear pela cidade

 

Se você tem apenas um dia na ilha aproveite para conhecer a cidade. Chegando no porto você tem acesso ao Funicular, espécie de trenzinho que te leva ao alto, para o centro de Capri, a passagem custa 2 euros. Chegando lá você pode caminhar pelas ruelas, ver a beleza da arquitetura local, as lojas de grife. Seguindo as indicações pode chegar até os mirantes que são grandes sacadas com uma visão incrível para os Faraglioni.

É uma delicia passear pelas ruelas de Capri
É uma delicia passear pelas ruelas de Capri
Um dos mirantes.
Visão de um dos mirantes.

Para se locomover até Anacapri é possível embarcar em um ônibus com passagem de 2 euros e da mesma forma caminhar pelas ruas e aproveitar a vista.

Circulando pela cidade.
Circulando pela cidade.

Você ainda pode visitar o Jardim de Augusto, um jardim privado (custa 2 euros a entrada) com uma visão incrível para os Faraglioni além de um espaço com fontes, ótimo para um minuto de descanso.

 

Jardim de Augusto
Jardim de Augusto
Detalhes dentro do Jardim de Augusto
Detalhes dentro do Jardim de Augusto
Os detalhes do Jardim
Os detalhes do Jardim
Um dos mirantes do Jardim de Augusto
Vista para os Faraglioni no Jardim de Augusto

4- Faça um mergulho nas praias de Capri

 

Impossível ir até Capri e não dar um mergulho! Muitas áreas balneárias são privadas e exclusivas de hotéis mas em Capri existem pelo menos 2 pontos para mergulho gratuitos e muito bons são: Marina grande e Marina Piccola.

Marina Grande é super acessível e por isso a mais concorrida. Fica ao lado do porto de chegada a Ilha, apesar de ser próximo ao porto a água é extremamente transparente e é segura para o mergulho. Marina Piccola fica do outro lado, é necessário subir até a cidade e depois descer novamente, o espaço é menor e o acesso é mais complicado por isso é super tranquila.  

Marina Piccola
Marina Piccola
Acesso para Marina Piccola
Acesso para Marina Piccola
Vista para Marina Grande
Vista para Marina Grande

5 – Cuidado com as armadilhas para turistas

 

Todo o lugar muito visitado tem as armadilhas para turistas, isso é normal. Em Capri, os táxis conversíveis são uma dessas armadilhas feitas para turistas, bonitinhos, coloridos, mas sem um taxa fixa. O preço depende da “cara do cliente”, inclusive muitos guias alertam para não se locomover em táxi e preferir o ônibus.

Os passeios oferecidos em barco também podem ser uma despesa um tanto alta.

Existem passeios fixos que te levam até a gruta azul e Faraglioni, cada passeio custa a partir de 17 euros, na gruta o acesso é restrito e é necessário pagar um ingresso de 14 euros para passear dentro com os barcos à remo. Os passeios são rápidos e te levam até os pontos e voltam.

Existem outras opções fora das agências que oferecem o aluguel de barcos por 150 euros (eu encontrei um por 90 euros em alta temporada). A vantagem de alugar um barco é poder aproveitar a costa, as diversas praias, parar, pegar sol, mergulhar, além de ver os Faraglioni de perto.

Neste caso vai depender do que você busca, o importante é informar-se bem antes de comprar qualquer passeio.

Uma das vistas mais bonitas de Capri.
Uma das paisagens mais bonitas de Capri.
Um passeio inesquecível
Um passeio inesquecível

Como não conhecia Capri pesquisei informações em um site oficial sobre Capri . Segui todas essas dicas e gastei o planejado. Caso queira saber outras dicas do verão na Itália clique aqui.

Espero que tenha gostado das dicas. Se você já foi pra Capri o que achou? Conte a sua experiência e acompanhe as novidades do Blog em nossas redes sociais.

Até o próximo post.

Deixe um Comentário